Promover a Saúde Pública

sábado, março 26

Disfunção eréctil separa 20% dos casais



As causas são diversas e a multiplicidade de fenómenos que originam a erecção dificultam um conhecimento mais pormenorizado da disfunção eréctil. Porém, os avanços na área são visíveis e a principal dificuldade relaciona-se, muitas vezes, com a vergonha de conversar com o médico e perpetuar o silêncio de uma doença que perturba a vários níveis.
Isto causa:
  1. Isolamento e solidão;
  2. Faz diminuir a auto-estima e a qualidade das relações interpessoais.

Estas são apenas algumas consequências que a disfunção eréctil pode ter, além de que conduz com frequência a problemas no relacionamento do casal.

In: "Saúde Pública", n.º 26 de 19 de Março de 2005