Promover a Saúde Pública

quinta-feira, abril 14

ANTIBIÓTICOS



Os antibióticos são medicamentos potentes no combate às infecções.

Para sua protecção e da sua família, saiba a forma correcta da sua utilização.


O que são?
São medicamentos que tratam as infecções provocadas por bactérias, como otites, pneumonia, infecção urinária, etc.
Se utilizados de forma incorrecta, podem ser prejudiciais.

Actuam em todas as infecções?
Não. Os antibióticos não são eficazes nas infecções provocadas por vírus, como as constipações e gripe.


São todos iguais?
Não. Cada antibiótico só actua sobre alguns tipos de bactérias. Só o médico
deve escolher o antibiótico adequado, conforme as queixas do doente.

O que é a resistência das bactérias aos antibióticos?
É a perda de eficácia destes medicamentos, o que torna mais difícil o tratamento das infecções. Surge com o uso incorrecto e com o abuso dos antibióticos.


Como utilizá-los de forma segura e evitar resistências?
  • Só tome antibióticos por indicação do médico;
  • Não tome o antibiótico que tenha guardado em casa porque pode não ser o adequado à infecção, mesmo que tenha sintomas parecidos;
  • Não use os antibióticos de outras pessoas nem partilhe os seus, porque podem não ser adequados à infecção que tem;
  • Siga exactamente as instruções do médico;
  • Tome sempre à mesma hora, todos os dias até ao fim do tratamento, mesmo que no final já se sinta melhor;
  • Não tome para além do tempo aconselhado pelo médico;
  • Se não se sentir melhor após 3 dias a tomar o antibiótico ou no final do tratamento contacte o médico.

Quais os cuidados a ter?
  • O efeito da maioria dos antibióticos nota-se após 3 dias, pelo que não deve interromper o tratamento se não se sentir melhor após as primeiras tomas;
  • Os antibióticos devem ser tomados até ao fim da embalagem, excepto quando o médico recomendar um tempo de tratamento diferente;
  • Se ao terminar o tratamento ainda restar antibiótico, devolva-o na farmácia, para ser eliminado com segurança;
  • Utilize os antibióticos só quando necessário.




O que pode esperar do seu farmacêutico?

  • Ajuda na identificação de infecções provocadas por bactérias e aconselhamento para consulta médica;
  • Informação sobre o uso correcto dos antibióticos;
  • Recomendações sobre o que fazer no caso de esquecimento de uma toma;
  • Informação sobre os efeitos secundários que os antibióticos podem provocar;
  • Ajuda na identificação de alergias (algumas pessoas têm reacções alérgicas);
  • Informação sobre as interferências que podem ocorrer entre os antibióticos e outros medicamentos;
  • Informação sobre a interferência do álcool com alguns antibióticos.

Siga com rigor as recomendações do seu médico.

In
: www.anf.pt