Promover a Saúde Pública

sábado, abril 16

BRONQUITE AGUDA E BRONQUITE CRÓNICA

O que é a bronquite aguda?

A bronquite aguda é uma inflamação dos brônquios que emitem o ar da traqueia para os pulmões. A inflamação das células que revestem os brônquios provoca a secreção de um muco viscoso que causa insuficiência respiratória e tosse. O organismo tenta eliminar o muco através da tosse, que se acompanha a uma expectoração viscosa. É frequente também uma dor torácica, acentuada pela tosse.

Sintomas da bronquite aguda

  • Tosse;
  • Expectorações viscosas;
  • Insuficiência respiratória;
  • Sibilo respiratório;
  • Dores torácicas acentuadas pela tosse;
  • Febre.

    Como evitar a bronquite aguda?

  • Evitar fumar;
  • Evitar o contacto com pessoas constipadas ou afectadas por bronquite;
  • Não sair no caso de poluição atmosférica intensa;
  • Usar uma máscara quando se utilizam produtos irritantes para as vias respiratórias;
  • Consultar um médico no caso de asma ou de alergias respiratórias.

    O que é a bronquite crónica?

    É uma doença do aparelho respiratório caracterizada por uma dificuldade respiratória crónica, com limitação do fluxo de ar expirado que resulta de uma hiperactividade da mucosa brônquica.

    Sintomas da bronquite crónica

  • Tosse prolongada por semanas, meses ou mesmo anos, em particular de manhã e à noite, e dificuldade respiratória progressiva;
  • Expectoração;
  • Por vezes dores no peito (toracalgia);

No início, os sintomas são mais graves no Inverno do que no Verão.

Como evitar a bronquite crónica?

Está amplamente demonstrado que os fumadores estão mais sujeitos à bronquite crónica. Por conseguinte é importante sensibilizar os fumadores para a interrupção deste hábito.

Atenção!!
A presença de sangue na expectoração ou uma cor esverdeada exigem uma consulta médica imediata. Podem ser sintomas de uma pneumonia.

In: Guia Familiar de Saúde